Suspeito de matar ex-mulher com espingarda é preso após quase 14 anos foragido

0
12
Crime aconteceu em Santa Filomena (PE) em 2007. Suspeito foi encontrado em Araguaína, no norte do Tocantins. Um foragido da Justiça de Pernambuco foi preso pela Polícia Civil em Araguaína, no norte do estado, na manhã desta sexta-feira (14). O homem de 64 anos é suspeito de ter matado a própria esposa com um tiro de espingarda por não aceitar o fim do relacionamento. O crime aconteceu em Santa Filomena (PE) em 2007 e desde então ele estava foragido.
A vítima foi morta na noite do dia 24 de janeiro de 2007, por volta das 20h30. A mulher estava em um sítio, quando foi atingida nas costas por um tiro de espingarda caseira. A vítima ainda foi socorrida para um hospital de Petrolina, onde ficou internada por três meses, mas não resistiu. Ela tinha se separado do suspeito após 28 anos de casamento.
Após fazer o disparo, segundo a polícia, o homem foi até a casa de um irmão e confessou o crime. Ele teria afirmando que “as lágrimas que ele havia derramado pela vítima, os pais dela também iriam derramar”. Depois fugiu e nunca mais foi encontrado até esta sexta-feira (14).
A captura do suspeito foi feita pela 2ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DHPP) de Araguaína, sob o comando do delegado Guilherme Coutinho Torres, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. O suspeito foi localizado no setor Maracanã.
O caso começou a ser investigado após a Polícia Civil de Pernambuco informar que o suspeito estaria vivendo em Araguaína. Pouco tempo depois, os agentes da 2ª DHPP localizaram o paradeiro dele.
Ele foi levado para a Central de Atendimento da Polícia Civil de Araguaína e mandado para a Casa de prisão Provisória da cidade, onde aguardará transferência para Pernambuco.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins